(Pixabay)

(ANSA) – A Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) atualizou as informações sobre os lotes interditados da vacina CoronaVac nesta quinta-feira (9) e divulgou que as doses ainda não estão liberadas por falta de documentação.

O comunicado destaca que o Instituto Butantan não respondeu “satisfatoriamente a todas as incertezas sobre o novo local de fabricação” e destacou que a instituição “não apresentou o relatório de inspeção emitido pela autoridade sanitária, essencial para a avaliação das condições de aprovação da planta, que podem incluir compromissos e condicionais para permitir a operação no local”.

“A análise de risco apresentada pelo Instituto Butantan não foi considerada suficiente para garantir a segurança do processo fabril no novo local. Tal análise não substitui uma inspeção da autoridade sanitária ou o relatório de inspeção sanitária. […] Cabe ao Butantan apresentar a documentação faltante, incluindo o relatório de inspeção emitido por autoridade sanitária para subsidiar a análise da Anvisa ou viabilizar a realização de inspeção presencial pela própria Agência”, diz ainda o documento.

inscreva-se no curso gratuito A Hora da Ação, com André Moraes.

Fonte