supermercado coronavírus máscara caixa pagamento varejo vendas quarentena isolamento
(Getty Images)

O varejo na cidade de São Paulo cresceu 22,7% em maio ante abril, de acordo com o Balanço de Vendas da Associação Comercial de São Paulo (ACSP). Os números, com amostra da Boa Vista, foram puxados pelo Dia das Mães, data que tradicionalmente ajuda a impulsionar o faturamento dos estabelecimentos comerciais, e pelo maior número de dias com as lojas abertas, segundo a ACSP.

Em relação a maio de 2020, o crescimento foi ainda mais robusto, de 51,1%. A explicação para esse aumento, de acordo com a associação comercial, é a base fraca de comparação, uma vez que as medidas de restrição estavam mais duras no ano passado e o temor das pessoas com o vírus era maior, resultado em queda expressiva nas vendas.

Mas, apesar do crescimento, a alta ainda não recupera as perdas registradas em maio do ano passado, segundo a ACSP.

Inscreva-se já.



Fonte