*por Nivaldo Carboni, especial para o InfoMoney

SÃO PAULO – A ministra-chefe da Secretaria de Governo, Flávia Arruda, afirmou, nesta segunda-feira (19), que o Orçamento Geral da União de 2021 caminha para a sanção com veto parcial do presidente Jair Bolsonaro (sem partido) e um corte de parte de emendas parlamentares.

Fonte