Donald Trump (Foto: Casa Branca/Shealah Craighead)

WASHINGTON (Reuters) – Desde o ataque de 6 de janeiro ao Capitólio dos Estados Unidos, o ex-presidente Donald Trump e seus aliados republicanos disseminam relatos falsos e enganadores para minimizar o acontecimento, que deixou cinco mortos e dezenas de feridos — e seus apoiadores parecem ter ouvido.

Três meses depois de uma multidão de apoiadores de Trump invadir o Capitólio para tentar reverter sua derrota eleitoral de novembro, cerca de metade dos republicanos acredita que o cerco foi um protesto essencialmente não-violento ou obra de ativistas de esquerda “tentando manchar a reputação de Trump”, revelou uma nova pesquisa Reuters/Ipsos.

Seis de 10 republicanos também acreditam na afirmação falsa de Trump de que a eleição presidencial de novembro “foi roubada” dele devido a uma fraude generalizada, e a mesma proporção de republicanos acha que ele deveria concorrer novamente em 2024, mostrou a enquete realizada entre 30 e 31 de março.

Clique aqui para assistir.



Fonte