SÃO PAULO (Reuters) – O Banco do Brasil anunciou nesta quinta-feira a renúncia do Hélio Magalhães e de José Guimarães Monforte aos cargos de membros do conselho de administração da companhia.

A saída de Magalhães, que era presidente do conselho, tem efeito a partir de sexta-feira, enquanto a de Monforte, como membro independente do colegiado, vale já a partir desta quinta. A renúncia vem após ambos, além dos também conselheiros Luiz Spinola e Paulo Roberto Evangelista de Lima, terem afirmado que o indicado pelo presidente Jair Bolsonaro para presidir o banco, Fausto Ribeiro, atende aos requisitos legais, mas que não tem experiência em gestão para tal.

Leia também:
BB: Comitê aprova indicação de Fausto de Andrade Ribeiro para a presidência

Clique aqui para assistir.



Fonte